Área do Cliente

Superávit da balança comercial supera US$ 55 bilhões na parcial de 2017

Obrigações Tributárias

  • 20/Fevereiro/2020
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
  • Cofins/CSL/PIS-Pasep | Retenção na Fonte.
  • COFINS/PIS-Pasep | Entidades financeiras.
  • INSS | Previdência Social.
  • EFD - Contribuintes do IPI | Distrito Federal.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação – PMCMV.
  • IRPJ/CSL/PIS/COFINS | Incorporações imobiliárias | Regime Especial de Tributação - RET.
  • Simples Nacional.

Indicadores Econômicos

Moedas - 18/02/2020 09:18:04
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Dólar Comercial
  • 4,343
  • 4,344
  • Dólar Paralelo
  • 4,260
  • 4,540
  • Dólar Turismo
  • 4,320
  • 4,580
  • Euro
  • 4,699
  • 4,702
  • Iene
  • 0,040
  • 0,040
  • Franco
  • 4,425
  • 4,428
  • Libra
  • 5,661
  • 5,664
  • Ouro
  • 219,400
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Informação foi divulgada nesta segunda-feira (9) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC)

A balança comercial brasileira registrou superávit (exportações maiores que importações) de US$ 55,17 bilhões no acumulado deste ano, até este domingo (8), informou nesta segunda-feira (9) o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).
O superávit registrado na parcial deste ano é recorde. No mesmo período do ano passado, a balança também registrou saldo positivo, mas menor: US$ 36,67 bilhões.
O saldo comercial do acumulado de 2017 supera, ainda, o resultado positivo de todo ano passado (US$ 47,7 bilhões), que era o maior da série histórica, que começa em 1989.
Na parcial de 2017, até setembro, as exportações somaram US$ 169,66 bilhões, com média diária de US$ 879 milhões (alta de 19,5% sobre o mesmo período do ano passado).
Já as importações somaram US$ 114,48 bilhões, ou US$ 593 milhões por dia útil (aumento de 8,5% em relação ao mesmo período de 2016).
Início de outubro
Os números do MDIC mostram que, no início de outubro, até este domingo (8), foi registrado um superávit (vendas externas menos importações) de US$ 1,9 bilhão.
As exportações brasileiras somaram US$ 5,05 bilhões, com alta de 47,6% sobre o mesmo período de 2016. Já as importações somaram US$ 3,15 bilhões, aumento de 11% na mesma comparação.
Cresceram, no início de outubro, as vendas ao exterior de produtos básicos (+70,8%), de manufaturados (+22,8%), e também as exportações de produtos semimanufaturados (+47,8%).
Do lado das importações, cresceram as compras de combustíveis e lubrificantes (+57%), siderúrgicos (+39%), químicos orgânicos e inorgânicos (+17,6%), equipamentos eletroeletrônicos (+12,5%) e veículos automóveis e partes (+9,4%).
Previsões
A expectativa do mercado financeiro para este ano, segundo pesquisa do Banco Central, é que o saldo positivo da balança comercial alcance US$ 63 bilhões.
O BC, por sua vez, prevê superávit da balança comercial de US$ 61 bilhões para este ano, enquanto o Ministério do Desenvolvimento estima um saldo comercial positivo acima de US$ 60 bilhões para 2017.

fonte: g1.globo

Matriz
Rua São João, 22, Parte C - Centro
Boituva/SP - CEP: 18.550-000
(15) 3263-1798
Filial
Rua Professor Antonio Olegario Cardoso Filho, 147, Sala 04 - Jd. Professor Benoa
Santana de Parnaiba/SP - CEP: 06.502-045
(15) 3263-1798
padianiauditores@padianiauditores.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb

Este site atende aos padrões exigidos pela W3C
(Validar XHTML / Validar CSS)