Área do Cliente

KLM cria solução sustentável com o uso de impressoras 3D

Obrigações Tributárias

  • 23/Fevereiro/2020
  • ICMS/SCANC | Refinaria de Petróleo e suas bases, nas operações com combustível derivado de petróleo, nos casos de repasse (imposto retido por outros combustíveis).

Indicadores Econômicos

Moedas - 21/02/2020 16:08:41
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Dólar Comercial
  • 4,392
  • 4,393
  • Dólar Paralelo
  • 4,330
  • 4,600
  • Dólar Turismo
  • 4,220
  • 4,570
  • Euro
  • 4,741
  • 4,744
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,469
  • 4,472
  • Libra
  • 5,669
  • 5,673
  • Ouro
  • 228,110
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Com o compromisso de reduzir em 50% o desperdício de seus resíduos até 2030 produzindo menos sobras e aumentando a quantidade de materiais que podem ser reciclados, a companhia área KLM acaba de divulgar uma iniciativa de sustentabilidade pensando no alto consumo de filamento que a empresa utiliza através do uso de impressoras 3D para a confecção de ferramentas de manutenção para as suas aeronaves. A empresa começou a coletar as garrafas PET após todos os seus voos para transformar no material, que alimenta as impressoras 3D como se fossem as “tintas” de impressoras convencionais.


Segundo a companhia, aproveitar as garrafas PET para a confecção de filamento, além de tornar o processo mais sustentável, auxilia na economia de tempo e dinheiro para a manutenção, já que a máquina necessita de 1,5 kg de filamento por dia, e com a iniciativa, o custo com o material caiu de 60 euros/kg para apenas 17 euros/kg. O material costumava ser comprado a partir de agentes externos, e , anualmente, toneladas de garrafas utilizadas após os voos do aeroporto Schiphol, em Amsterdã, passaram a ser enviadas para a empresa de reciclagem Morssinkhof Rymoplast e o fabricante de filamentos Reflowcom, com esta finalidade.


A KLM usa impressoras 3D para a confecção de ferramentas de manutenção de uso contínuo como plugues especiais e capas protetoras utilizadas nos serviços de revisão de seus motores. Confira o vídeo de divulgação do processo:

Estamos investindo continuamente em produtos e processos sustentáveis e inovadores. Para nossos clientes, para a sociedade e para nossos próprios funcionários. É ótimo ver como somos capazes de produzir produtos úteis a partir de resíduos." conclui Ton Dortmans, Vice-Presidente Executivo de Engineering & Maintenance na KLM.

Fonte: www.tecmundo.com.br - 30/10/2019

Matriz
Rua São João, 22, Parte C - Centro
Boituva/SP - CEP: 18.550-000
(15) 3263-1798
Filial
Rua Professor Antonio Olegario Cardoso Filho, 147, Sala 04 - Jd. Professor Benoa
Santana de Parnaiba/SP - CEP: 06.502-045
(15) 3263-1798
padianiauditores@padianiauditores.com.br


Site desenvolvido pela TBrWeb

Este site atende aos padrões exigidos pela W3C
(Validar XHTML / Validar CSS)